Projetor LampFree

Estudos de caso

Estudo de caso de aplicações educacionais de um projetor CASIO
Escola primária Asaba Higashi, em Fukuroi

• Local: cidade de Fukuroi, província de Shizuoka
• Setor: educação
• URL: http://www4.tokai.or.jp/asaeast/
• Modelos: 14 projetores XJ-UT310WN, 14 quadros eletrônicos YN-W72D-C

Condução de aulas facilmente compreensíveis que provoquem o interesse das crianças.
A estreia de um projetor com uma função de lousa eletrônica nas escolas de uma cidade.

Fundada em 1991 para acomodar um número crescente de crianças em um bairro da cidade de Fukuroi, a escola primária Asaba Higashi tem 334 alunos matriculados em 2017. Inspirado pelo slogan “Higashi, uma escola onde todos podem brilhar!”, a escola está promovendo diversas iniciativas para criar uma atmosfera na qual os alunos pensem “Eu consigo” e “Tenho certeza de que isso será útil”.

No ano passado, a escola introduziu projetores e quadros interativos da Casio em suas salas de aula. Eles são utilizados todos os dias em várias aulas, permitindo que os alunos se envolvam no aprendizado ativo de que pensar por si mesmos leva a respostas.

O custo-benefício da fonte de luz de LED dos projetores da Casio fez a diferença na escolha da lousa para a escola.

De acordo com o Plano Básico de Promoção da Educação do governo japonês, a TIC (Tecnologia de Informação e Comunicação) é difundida em escolas de todo o Japão, mas uma pesquisa realizada pelo Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia revelou que as lousas eletrônicas estavam sendo utilizadas em uma média de apenas 21,9% das salas de aula regulares nas escolas públicas em todo o país (escolas primárias, secundárias e de ensino médio, e ensino profissionalizante) em março de 2016. Durante o ano letivo de 2016. No entanto, a cidade de Fukuroi, na província de Shizuoka, instalou projetores modelo XJ-UT310WN e quadros interativos modelo YN-W72D-C da Casio em todas as 210 salas de aula regulares de suas 12 escolas públicas primárias (inclusive nas salas de aula de ensino profissionalizante). Esta iniciativa criou um ambiente no qual todos os professores da escola primária Asaba Higashi e as outras escolas primárias da cidade pudessem conduzir aulas utilizando a TIC. Sr. Kinya Ota, diretor da divisão de Ensino do Conselho de Educação da cidade de Fukuroi, falou sobre a introdução do equipamento:

“Analisamos vários projetores candidatos com funções de lousa eletrônica, mas um dos fatores decisivos em nossa escolha do equipamento da Casio foi a vida útil de sua fonte de luz. A vida útil de uma lâmpada de mercúrio convencional é de cerca de 3.000 a 5.000 horas em comparação a, aproximadamente, 20.000 horas da fonte de luz de LED da Casio. Se calcularmos uma utilização do projetor de 4 horas por dia, ou cerca de 1.000 horas por ano, uma lâmpada de mercúrio precisaria ser substituída uma vez a cada 3 a 5 anos. Como estamos considerando a suposição de utilização em longo prazo, nós nos concentramos no custo total, incluindo gerenciamento de operação, em vez de no custo inicial. O projetor da Casio foi claramente nossa melhor opção.”

Das perspectivas de economia de espaço e conveniência de operação, geralmente, é considerado apropriado instalar projetores de tetos suspensos nas salas de aula, mas a cidade de Fukuroi optou por evitar peças adicionais e custos de construção que esse tipo de instalação implicaria em sua prioridade: instalar um projetor em cada sala de aula. As economias resultantes permitiram introduzir o equipamento TIC em todas as 210 salas de aula regulares (inclusive nas salas de aula de ensino profissionalizante) nas 12 escolas primárias. Como resultado, todos os alunos de escolas públicas da cidade puderam estudar em salas de aula com equipamento de TIC instalado.

Sr.Ota declarou o seguinte sobre a utilização de equipamentos de TIC: “De qualquer forma, todas as nossas salas de aula estão, agora, equipadas com projetores, o que nos posicionou na linha de largada. O importante é que todos os membros de nossa faculdade adquiram uma compreensão mais completa do equipamento de TIC e de sua utilização em sala de aula. A geração mais jovem de professores, certamente, achará a TIC útil para expandir a linha de conhecimento por eles transmitida em suas aulas. Já para os professores veteranos com habilidades de ensino superiores, a tecnologia contém o potencial para se tornar uma força poderosa para melhorar, ainda mais, a eficácia de suas aulas.”

A opinião do Sr. Ota de que a forma como o equipamento é utilizado é mais significativa do que o simples fato de sua introdução revelar um entusiasmo pela educação que apenas um verdadeiro educador podia sentir.

  • Sr. Kinya Ota,
    diretor da divisão de Ensino do Conselho de Educação da cidade de Fukuroi

Apoio à instrução efetiva de acordo com estilos de ensino individual

Em seguida, conversamos com alguns professores da escola que estão testando formas de utilizar projetores e quadros interativos da Casio, e monitorando os efeitos.

O professor de primeiro grau Takuya Sato declarou ter percebido uma melhora na compreensão e motivação das crianças desde que ele começou a utilizar projetores e quadros interativos em suas aulas.

“Utilizamos o equipamento para ensinar várias matérias, inclusive japonês e aritmética. Podemos projetar um livro didático digital na tela e explicar o conteúdo, utilizando uma caneta digital como um marcador, por exemplo, ou uma câmera de documentos para projetar um livro didático físico. Também podemos utilizar uma câmera de documentos para projetar materiais de referência preparados por nós mesmos. Podemos indicar a maneira correta de utilizar a tela ou exibir os conteúdos dos livros didáticos dos alunos em um formato grande, por exemplo. Aprendemos que isso torna a compreensão de nossas lições mais fácil do que ao utilizar apenas explicações verbais.”

“As crianças da escola fiam muito animadas quando as aulas são ministradas por meio de projetores e quadros interativos. Quando eles vivenciem isso, principalmente pela primeira vez, expressam, invariavelmente, sua surpresa e apreciação em voz alta. Como os jovens de hoje são atraídos por conteúdo digital, essa abordagem incentiva uma atitude positiva e mais motivação para os estudos.”

Os aplicativos para projetores, obviamente, não se limitam a esses exemplos. Os professores podem projetar filmes, fotos ou, até mesmo, conteúdo da Internet, selecionando materiais adequados para estimular o interesse dos alunos.

"Em nossas aulas de história, pesquisamos e exibimos materiais da Internet em formato de vídeo, porque as imagens no projetor causam mais impacto do que as palavras em um livro didático. Também nas aulas de educação física, podemos indicar os movimentos corporais adequados visualmente.”

  • Takuya Sato, professor da 1ª série
  • O desenho de figuras como círculos na tela feito por uma caneta digital chama a atenção das crianças.
  • Toshie Suzuki, professora da 3ª série
  • Uma explicação de fácil compreensão exibida na tela sobre o problema

A próxima professora com o qual conversamos foi Toshie Suzuki, da 3ª série. Assim como o Sr. Sato, ela utiliza os centros de TIC para projetar conteúdos, como livros didáticos digitais, os cadernos e livros didáticos dos alunos, e materiais de ensino originais.

Ela acredita que a utilização de um projetor em sala de aula é particularmente eficaz para os movimentos e procedimentos de comunicação visualmente.

“A capacidade de projetar a ordem de traçado para escrever caracteres chineses na tela com uma tela animada facilita o ensino da maneira correta de escrever novos caracteres às crianças quando os apresentamos em aulas de língua japonesa. Isso também me ajuda, como professora, dando-me liberdade para circular entre as mesas e monitorar os esforços das crianças para imitar a ordem do traçado exibido na tela.”

A Sra. Suzuki também diz que é importante integrar materiais didáticos concretos e ferramentas em aulas, em vez de confiar completamente em conteúdos digitais.

“Nas aulas de ábaco, utilizamos uma câmera de documentos para projetar um visual ampliado de um ábaco real na tela", afirma. “Isso facilita a explicação dos movimentos detalhados envolvidos nas contas de ábacos.”

O equipamento de TIC é extremamente conveniente uma vez que o instrutor o domina, mas os professores que estão acostumados com ambientes de ensino convencionais podem se sentir desconcertados ao tentar utilizá-lo pela primeira vez. Ainda assim, apesar de alegar não se sentir confortável com os aparelhos, a Sra. Suzuki fala muito sobre a facilidade de utilização do projetor Casio.

“Quando utilizávamos projetores convencionais, precisávamos instalar a máquina mais para trás da tela para alcançar a distância de projeção necessária, e para reajustar o posicionamento e o ângulo de projeção com cada instalação. Nunca sabíamos, ao certo, qual cabo utilizar e onde conectá-lo. Como o novo projetor da CASIO é um modelo de projeção ultracurta, ele pode ser posicionado em frente à lousa. Isso facilita a instalação a qualquer momento.”

A adaptabilidade do projetor à instalação permanente permite que os professores deixem o alinhamento e os cabos exatamente como estavam após a utilização. Uma vez instalada, a máquina pode ser operada novamente no dia seguinte, sem perder tempo com ajustes. De acordo com a avaliação rigorosa da Sra. Suzuki, os professores não desejam utilizar equipamentos de ensino que precisem de cinco minutos para ficar pronto para a utilização.

“Uma vez, fui obrigada a pedir ajuda a outro professor porque tive problemas ao configurar a máquina. Com o projetor da Casio, nunca tive problema nenhum. Sua inicialização rápida, que pode levar menos de cinco segundos, também é de grande ajuda.”

Por fim, conversamos com Takeshi Yamaguchi, professor da 6ª série.

“Eu utilizo o projetor principalmente para exibir imagens e vídeos ampliados que desejo que as crianças vejam. As crianças também utilizam-no para suas próprias apresentações, nas quais elas exibem exibidos seus cadernos e folhas de exercícios.”

A utilização que ele faz do equipamento não difere, notavelmente, da utilização dos outros professores, mas ele desenvolveu seu próprio método de inserção de cadernos e folhas de exercícios para projeção.

“A utilização de uma câmera de documentos é outra boa abordagem, mas, nesse caso, é preciso tempo para que as crianças levantem as mãos e se apresentem para fazer uma apresentação. Eu utilizo uma câmera digital. Eu ando pela sala enquanto as crianças estão escrevendo e fotografo seus cadernos e folhas de exercícios quando acredito que elas tenham se saído bem. Eu projeto as imagens posteriormente, conforme adequado, para ilustrar um assunto sendo discutido, dizendo à turma ‘Aqui está uma boa ideia sugerida por um de vocês.’”

O Sr. Yamaguchi também relata que os projetores podem ser úteis para mostrar fenômenos que são difíceis de capturar a olho humano.

“Quando realizamos experiências científicas para ver como as substâncias queimam, por exemplo, podemos mostrar o momento em que o fogo se apaga. Ou podemos ampliar as fotos das larvas de criaturas vivas tiradas por uma câmera de documentos e verificar a aparência de perto. E a capacidade de fixar uma lente microscópica a uma câmera de documentos nos permite observar corpos vivos tão pequenos quanto os ovos de medaka (peixe-arroz japonês) ou microorganismos na tela.”

Antigamente, os professores utilizavam TVs de tela grande para exibir imagens e filmes, mas o Sr. Yamaguchi diz que a visibilidade melhorou significativamente com a introdução dos novos projetores.

“A TV teve algumas grandes desvantagens, como reflexos que interferiram quando a tela foi vista de determinado ângulo e baixa visibilidade quando vista do fundo da sala de aula. O projetor utiliza uma tela grande que não reflete luz. Se as duas telas forem, de fato, comparadas, você perceberá que a tela de projeção é claramente visível, mesmo de determinado canto da sala de aula em um dia ensolarado.”

  • Sr. Takeshi Yamaguchi, professor da 6ª série
  • Identificação de caracteres simetricamente alinhados em uma tela grande na sala de aula.

Mensagem do presidente Akahori

Escolha inteligente dos projetores da Casio feita pela cidade de Fukuroi para suas escolas primárias.
Os professores também podem criar suas próprias aplicações originais para o equipamento.

No que se refere à introdução de lousas eletrônicas nas instituições educacionais japonesas, a situação ainda não é completamente satisfatória. Em 2016, no entanto, a cidade de Fukuroi, província de Shizuoka, introduziu os projetores e quadros interativos da Casio em todas as salas de aula comuns de escolas primárias públicas. Essa foi uma mudança inteligente da perspectiva de custo. A introdução do mesmo equipamento em todas as escolas garante que um nível de escolaridade equivalente seja mantido tanto para professores quanto para alunos.

A utilização de projetores na escola primária Asaba Higashi, na cidade de Fukuroi, exemplifica as vantagens de cobrir metade da lousa com uma tela de projeção na qual os professores possam escrever ou desenhar diretamente. Sublinhar ou clicar nos pontos-chave facilita sua memorização por parte dos alunos, por exemplo. Na sala de aula tradicional, os livros didáticos já foram utilizados para ler, e os cadernos, para escrever, mas os tempos mudaram. Agora, percebemos a vantagem de escrever livremente para indicar lugares importantes em materiais educativos e criar vínculos entre materiais de ensino, livros didáticos, lousas e cadernos. O projetor e tela servem como agentes para a criação desse vínculo. Acho isso extremamente empolgante.

  • Dr. Kanji Akahori
    Ph.D. em Engenharia
    Afiliações:
    Presidente, Japan Association for Promotion of Educational Technology (JAPET)
    Presidente, ICT CONNECT 21
    Professor emérito, Instituto Tecnológico de Tóquio
  • A tela está posicionada sobre a metade da lousa. O conteúdo da lousa e da tela estão interconectados, o que ajuda a tornar as lições mais memorizáveis.
  • O professor desenha figuras ou escreve comentários na tela. Os alunos copiam as anotações em seus próprios livros didáticos, aprofundando sua compreensão.

Projetores da Casio na escola primária Asaba Higashi, em Fukuroi

• 13 projetores XJ-UT310WIN e de outros tipos

XJ-UT310WN

XJ-UT310WN

Detalhes do produto

YN-W72D-C
quadro eletrônico

YN-W72D-C

Projetores da Casio na escola primária Asaba Higashi, em Fukuroi

• 27 projetores Casio LampFree XJ-UT310WN de ultracurta distância
• 50 projetores LampFree Casio XJ-V1 DLP

XJ-UT310WN

XJ-UT310WN

Detalhes do produto

YN-W72D-C
quadro eletrônico

YN-W72D-C

Voltar ao índice